Pesquisar este blog

domingo, 30 de dezembro de 2012

SOLIDARIEDADE NA REDE SOCIAL



 "A posição do escrivão ou de quem atendeu a este desembargador foi humilhante; precisamos entender não é porque temos que atender ou tratar bem apenas porque é um magistrado, mas também todo e qualquer cidadão. Mas, infelizmente, alguns “policiais” civis e/ou federais não tiveram berço para saber como devemos tratar o ser humano, independentemente de sua casta social. Sou solidário aos sofrimentos deste magistrado e de sua família, pois também atuo no meio judicial, como perito judicial nomeado, e também já passei por alguns constrangimentos, claro que em bem menor proporção!" (Ronildo Manoel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário