Pesquisar este blog

domingo, 15 de janeiro de 2012

MAIS UM ERRO DA JUSTIÇA. A QUEM RECORRER?

"Infelizmente em pleno século XXI, estes erros vem acontecendo frequentemente,pois meu esposo está preso há cinco meses,acusado de um crime que não cometeu,onde a vitima foi morta e o namorado da vitima que se encontrava com a ela em local deserto no momento em que foi sequestrada e a''única testemunha'' acusa o meu marido de ser o autor do crime. Foi realizado vários exames, a exemplo do DNA, e o carro foi periciado e nada foi encontrado que viesse a confirmar a acusação; até mesmo o retrato falado do acusado não condiz com o do meu marido. As informações dadas pelo adolecente são contraditorias e o guarda municipal continua preso. Mesmo depois de tantos exames e falta de provas, a justiça não leva em conta as testemunhas de que o acusado estava em outro municipio no dia e hora do crime. Neste meio tempo sofre a familia e amigos pois sabem da inocencia do acusado."

NOTA - Mensagem recebida pelo Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário