Pesquisar este blog

domingo, 27 de novembro de 2011

"A INFORMÁTICA CONSPIRA CONTRA A JUSTIÇA".

"Na sua argumentação, o ministro Gilson Dipp passa em revista “os fatos que originaram o processo administrativo disciplinar”, fazendo a transcrição pelo sistema de “recorte e colagem” de um grande trecho da denúncia, que só contém aleivosias contra mim, com suporte em provas “montadas” e “suposições”, que até agora não mereceu um exame sério do Supremo Tribunal Federal, onde o processo se encontra praticamente paralisado há quase quatro anos.
                     Depois, passa em revista os “fatos imputados ao desembargador José Eduardo Carreira Alvim”, repetindo as aleivosias contra mim, e em seguida os “elementos apurados no processo administrativo disciplinar”, em que se limita a transcrever trecho do voto do ministro Cezar Peluso do Supremo Tribunal Federal, voto este que se limita por sua vez a fazer uma transferência de enorme trecho da denúncia, dos itens 74 a 118, o que fez com que as mesmas aleivosias afirmadas pelo Ministério Público acabaram contaminando o voto do ministro do Supremo Tribunal Federal."

(Trecho do Capítulo"A ética para si e a ética para os outros", sobre o meu julgamento pelo CNJ, onde o analiso com detalhes, no livro OPERAÇÃO HURRICANE: UM JUIZ NO OLHO DO FURACÃO, encontrável em www.bondfaro.com.br )

Nenhum comentário:

Postar um comentário