Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de julho de 2011

LIVRO É LIDO NA FRONTEIRA DO BRASIL COM A ARGENTINA E URUGUAI

"Em primeiro lugar, acredito que o objetivo do Des. Carreira Alvim com o livro esteja sendo alcançado, pois se um magistrado que mora quase na fronteira com a Argentina e Uruguai (140km) o está lendo, certamente centenas de outras pessoas o estão lendo Brasil adentro, em especial nos grandes centros. O livro serve de contraponto à versão "oficial" divulgada, possibilitando a cada um uma melhor conclusão do fato.  

Ainda não li o livro por completo, mas o que ali se conta é um terror. Fiquei pensando se o melhor seria o livro não ser verdadeiro, pois assim não seriam verdadeiras todas as tramóias existentes num tribunal de tamanha relevância, assim como tudo o mais que cercou o fato. Mas pela coerência do narrado no livro, parece que seu conteúdo é sim verdadeiro, o que é de causar terror!  

A maior lição tirada até agora com o livro é a de que não podemos julgar qualquer pessoa, muito menos um colega, antes de apurados os fatos e finalizado o processo, porque tudo o que aparenta ser verdadeiro, pode simplesmente não o ser."

Nenhum comentário:

Postar um comentário