Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de outubro de 2013

MENSAGENS QUE CHEGAM PELAS REDES SOCIAIS



"Fala quem sabe, respeita quem tem juízo. Como não entendo bulufas de lei, fico com quem tem autoridade pra falar. Aliás, o mundo dá muitas voltas, e quem hoje nada deve, amanhã pode estar sendo obrigado a pagar, inclusive, sem dever, e um recurso a mais pode ser a salvação. Estou com o senhor, Desembargador, e concordo em gênero, número e grau." (Dominique Keller).

"Dr. Gostaria de parabenizá-lo pela coragem! Alguns comentários ai em cima, referindo-se ao que Deus pode fazer pelo senhor são verdadeiros, pode acreditar! Outros que têm cunho de querer levá-lo a seguir religião, tome cuidado! Vou entrar em contato em outra oportunidade para trazer à sua memória dois julgamentos: um referente à sua participação; outro referente à participação do Min. Luz Fux quando era desembargador do TJ-RJ. Esses julgamentos não tiveram nem têm repercussão tão importante, mas tiveram destinos totalmente distintos ante o cuidado que o judiciário tem que ter com julgamentos envolvendo cidadãos de bem!" (Gilmar Rosa Moreira).

"É a fundamentação que legitima os juízes. Cabe à sociedade, por seus Mestres e Universidades, examinarem criticamente sentenças e votos. Nesse ponto, reina um abismo. Preferimos o emocional. Ora, os interesses são plurais; ninguém é imparcial. Logo, como diz a sabedoria popular, cada um "puxa brasa pra sua sardinha". O discurso jurídico é laudatório - e quase sempre cansativo - porque o sistema normativo é caótico; a doutrina idem. Que absurdo este, cinco votos a cinco sobre o cabimento ou não dos Embargos Infringentes! JÁ CAÍMOS NO PRECIPÍCIO, FAZ TEMPO." (Jairo Vasconcelos)

"Desembargador... Independente do que tenha acontecido ou não. O fato é o Brasil é um Estado Policial. É bom que sirva de reflexão a alguns juízes que se sentem Deuses, pois não o são, são pessoas mortais como todos nós. Se o senhor, um grande processualista, foi injustiçado imagine um cidadão comum, sem formação jurídica..." (Faber Tony).

Um comentário:

  1. Estou completamente de acordo com o comentário de Jairo Vasconcelos. Há muito tempo já estamos no precipício. Entretanto, para alegria de alguns e tristeza de outros, o Zé Povão não enxerga isso. Só pensa em carnaval, copa do mundo, olimpíada, samba, futebol, pagode, etc. Como alguns Juízes e Desembargadores gostam disso (dessa absoluta ignorância)! É nosso Poder Judiciário, o pior de todos os poderes segundo o grande historiador Marco Antônio Villa. No STF, 5 x 5, nos Embargos Infringentes, e em vários outros julgamentos demonstra apenas o seguinte: ou lá existem 5 grandes magistrados ou lá existem 5 grandes bestas quadradas. Só um perfeito e acabado idiota não entende a verdadeira "natureza" desses julgamentos "empatados". Mas, vamos em frente. Quem sabe se daqui a uns 200 anos não chegamos perto de uma França, de uma Dinamarca ou de uma Holanda? Afinal já estamos bem perto de Cuba, da Colômbia, do Paraguai, da Venezuela!... Um forte abraço Dr. Carreira Alvim. (Péricles de Matos Moreira – Jornalista).

    ResponderExcluir