Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de abril de 2013

ACREDITO NA INOCÊNCIA DO SENHOR


 

Desembargador, saudações.

Fiquei impressionado e compreendo seu sentimento diante de uma injustiça contra Vossa Excelência.
Realmente, houve abusos, em muitos casos, na atuação do MPF.
Alguns membros do MPF e dos MP estaduais estão “politizando” demais a instituição.
O CNJ e o CNMP, em que pesem as melhores intenções do legislador, ainda têm problemas estruturais, e há interesses corporativos, que, por vezes, podem desviar a real finalidade institucional desses órgãos de controle externo.
Sempre vi o senhor como um jurista, e, realmente, acredito na inocência do senhor, e que as instituições democráticas devem estar acima do pessoalismo, do patrimonialismo, e velhas práticas políticas, a começar com uma mudança cultural, de conscientização e educação.
Votos de paz e saúde.
Tudo de bom.
Abraço
Max Amaro Motta – Advogado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário