Pesquisar este blog

domingo, 17 de março de 2013

NOME EQUIVOCADO DE UM ALGOZ.

O algoz, que comandou os grampos nos telefones e no Gabinete de CARREIRA ALVIM, no TRF-2, com autorização do ex-ministro CEZAR PELUSO (então no STF) é o delegado ÉLZIO VICENTE DA SILVA, da Polícia Federal,  e não "Ézio Vicente da Silva" como constou, equivocadamente, do livro OPERAÇÃO HURRICANE: UM JUIZ NO OLHO DO FURACÃO (Geração Editorial). 
Na próxima tiragem, será feita a devida correção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário