Pesquisar este blog

domingo, 13 de janeiro de 2013

DEPOIMENTO PRESTADO PELO DESEMBARGADOR CARREIRA ALVIM, NO RIO DE JANEIRO, E QUE O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA NÃO LEU.


TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO
(Notas Taquigráficas SAJ/CORTAQ) (Audiência 16/4/2010)

(continuação)

[Quem é especialista nisso] é o GILSON DIPP. Então, você conversa com ele. Aí, eu liguei para o GILSON DIPP e fiz o convite a ele: Ministro, eu queria que o senhor, com o pagamento de diária e passagem, fosse lá, palestrar conosco. Ele disse: "Pois não, eu vou". Aí acertei com o DIPP a ida dele. Aí o JÚNIOR chega para mim... Aí eu liguei para o PEÇANHA MARTINS de novo -- nada disso aparece nas conversas, entendeu? Porque não interessa aparecer, pois isso é que demonstra a  inveracidade dessa suposição do Procurador-Geral. Eu liguei para O Ministro PEÇANHA MARTINS e disse: "Ministro, vamos fazer o seguinte, o senhor vai como debatedor". Aí eu convidei outras pessoas: João Mestieri, Margarida Cantarelli etc. E ele [PEÇANHA] aceitou.   
Um dia, eu estou no Gabinete -- essa conversa também não aparece --e me liga Almir Costa. Conversa, Doutor ABEL, de mais de meia hora. Falou comigo assim: "Desembargador, estou ligando para o senhor porque estou numa calça curta danada, porque o dinheiro não dá para pagar a parte aérea e a parte terrestre. É aí que aparece essa palavra "parte". "Então, eu queria que o senhor me autorizasse a pedir a Universo que complementasse". Eu falei assim: "Você está proibido de fazer isso”. Mas como é que vamos fazer?" Eu falei assim: “Deixa que vou ver se resolvo; nós não podemos mais pedir dinheiro à Universo, porque a Universo já deu até o suficiente para patrocinar". Na época, foram quarenta mil dólares em troca do produto que sairia do Congresso, que não foi até muito pelo que seria. "Então o senhor tem que desconvidar alguns participantes". Depois, ele me ligou de novo e falou:
"Olha, para uns só dá para pagar a parte aérea ou a parte terrestre" -- ou uma, ou outra. Como  tínhamos convidado a ELIANA CALMON e o PELUSO -- portanto, a CONSULEX é que estava pagando o patrocínio --, então, não tivemos nada com isso., Aí, eu liguei para o JÚNIOR que falou: "Eu estou fazendo o recebimento de inscrições porque o Almir não está dando conta".
Lembra que foi na época em que a Varig quebrou? Eu tinha na Varig... Ora, as minhas conversas com os donos da Varig, com o Constantino da Gol foram longas, sobre passagens. Nada disso aparece. Eu dialoguei... Eles foram comigo de uma atenção tal que consegui manter vinte vagas num, vinte vagas noutro, com a Happy Hour [Turismo] pagando só 50% [da entrada]. Eles falaram comigo: Desembargador, a gente está mantendo porque o senhor garantiu que... E nós realizamos o Congresso lá.         

DESEMBARGADOR FEDERAL ABEL GOMES (RELATOR): Essa conversa com o Almir foi no mesmo dia dessa conversa com...

DESEMBARGADOR FEDERAL JOSÉ EDUARDO CARREIRA     ALVIM (REQUERIDO): Não, essa conversa foi antes.                          

DESEMBARGADOR FEDERAL ABEL GOMES (RELATOR): Mas no mesmo dia, não?

DESEMBARGADOR FEDERAL JOSÉ EDUARDO CARREIRA ALVIM (REQUERIDO): Não, não, isso foi antes.

Aí eu me encontrei com o JÚNIOR, porque ele estava lá em casa sempre, porque a Luciana estava grávida e ele ia sempre lá, e falei para ele – isso Vossa Excelência vê no depoimento de PEÇANHA MARTINS -- que teria de desconvidar o Ministro PEÇANHA MARTINS. Aí eu liguei para Margarida Cantarelli, liguei para João Mestieri, liguei para uns dez que eu havia convidado e falei: "Você terá de optar entre parte aérea ou parte terrestre porque nós não podemos pagar porque não temos mais recursos." Aí um dizia que queria parte aérea, outro a parte terrestre; e teve uns que não aceitaram [...].

(continua na próxima semana)
_____________________________________________________
                                                                                                               75

Nenhum comentário:

Postar um comentário