Pesquisar este blog

sábado, 27 de outubro de 2012

CONHEÇO-O NA DIMENSÃO QUE MAIS ENGRANDECE UM HOMEM, QUE É O SOFRIMENTO NA INJUSTIÇA.

Prezado Dr. Carreira Alvim. No aeroporto de Brasília, meses atrás, comprei o seu livro. A leitura foi contínua. Comentei em aula com os meus alunos de Processo Penal, e foi, e é, tema de aula. No primeiro instante da leitura já percebi a malícia e a maldade da operação. Embora possa imaginar, incalculável é a dor da honra ilibada atacada, porém, a sua dignidade é maior. E a dimensão da sua dignidade eu percebo pela reação dos alunos ao tomerem conhecimento dos fatos e do seu livro, que tenho usado até em processos judiciais.Penso que muitos outros advogados e professores de direito fazem o mesmo. Embora não tenha tido a honra de conhecê-lo pessoalmente, o conheço na dimensão que mais engrandece um homem, que é o sofrimento na injustiça. Assim, sem qualquer pretensão, fiquei imensamente feliz em encontrá-lo no face, ademais, participando do movimento "A OAB PARA OS ADVOGADOS", que a bondade de centenas de Colegas criou para tentar auxiliar na grande crise que envolve os operadores do direito, da qual o seu caso é emblemático. Agradecemos a sua participação, que para nós Gaúchos é uma honra, e confesso que quando terminei a leitura do seu livro, pensei que um dia ( talvez), o Senhor pudesse fazer uma palestra aos alunos da nossa Universidade (Unisinos), ou num grande encontro de Advogados efetivamente comprometidos com a Justiça. Quem saberá? Saudações. Ricardo Cunha Martins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário