Pesquisar este blog

domingo, 14 de outubro de 2012

DEPOIMENTO PRESTADO PELO DES. FED. CARREIRA ALVIM, NO RIO DE JANEIRO, E QUE O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA NÃO LEU.


 
 
PODER JUDICIÁRIO
TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO

Notas Taquigráficas SAJ/CORTAQ               Audiência, 16/4/2010)
________________________________________________

(...) falava assim: "Olha, se vocês  estiverem me ouvindo - porque sabia que estavam, por causa do barulho -, vocês não coloquem três pontinhos não, coloquem inaudível” não, coloquem a frase inteira."

Se Vossa Excelência pegar essa denúncia vai verificar que aqui há conversas todas  descontextualizadas. Os fundamentos delas eu não sei se são verdadeiros ou não, mas são todas descontextualizadas. A minha conversa corri o Silvério, Vossa Excelência não vai  acreditar, mas vou mostrar na perícia que tenho aqui, porque o Deputado que estava presidindo a CPI dos  bingos não acreditou. Ele disse: "O senhor foi condenado por isso aqui?" Eu disse: “Fui”. Eles chegaram à conclusão de que com isso aí – que eu pedi a minha parte em dinheiro -- e que isso estava dito .numa conversa que não sabe de quem. Ele saiu dessa reunião  abismado.  Aliás, entrem na internet porque lá tem o meu, depoimento na CPI dos grampos - eu fui lá. Vossa Excelência perguntou se eu não fui ouvido; fui ouvido pelos deputados e lavei a minha alma. Acho que isso me fez bem e me fortaleceu porque fui à Câmara dos Deputados, depus e contei tudo. E, não contei isso aqui, não, porque não tinha lido essa denúncia. Eu contei a verdade do que era; porque essa está comigo e não precisa de ninguém me contar e por que  essas coisas aconteceram.
,               ,
DESEMBARGADOR FEDERAL ABEL GOMES (RELATOR): Foi a CPI do Grampo?

DESEMBARGADOR, 'FEDERAL JOSÉ 'EDUARDO CARREIRA ALVIM (REQUERIDO): Sim, eu prestei depoimento lá e está registrado.

Vejam:

(Lê)

“Carreira pede para alguém esperar no Gabinete, pois ele precisa falar com o Regueira.

Excelência, ele diz aqui que eu disse que me referi ao GONÇALVES  e aí o Ministério Público colocou assim: “Provavelmente o Ministro FERNANDO GONÇALVES.
Só poderia ser o BENEDITO, porque não tenho nenhuma relação de amizade e nunca tive com o FERNANDO GONÇALVES. FERNANDO GONÇALVES estudou na minha faculdade e nunca apareceu em  realização nenhuma da.Faculdade para dizer que eu estava fazendo as coisas aqui 'embaixo' e contando com o apoio ... Eles são muito maquiavélicos, chegam a ser criminosos nessas afirmações, porque nada disso é verdadeiro. Isso é um amontoado de calúnias que se forem bem apuradas por uma comissão internacional de Direitos Humanos, acho que dará uma consequência muito grave para eles, porque você não pode fazer isso com um ser humano, ainda mais fazer com uma instituição como a Justiça.   
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                1_
Então, esta conversa: CARREIRA ALVIM, data, hora, local e duração, com inaudível, três pontinhos, isso que a Polícia Federal fez... Quando ela coloca os três pontinhos e inaudível o perito, quando fez, ela fala que é defeito do sistema. Aliás, é um sistema maldito: ele só falha quando é para beneficiar as pessoas e quando é para prejudicar a Polícia Federal, mas quando é para prejudicar a pessoa, ele não falha e sai tudo direitinho, tudo bonitinho.

(continua na próxima semana)
                                               62

Nenhum comentário:

Postar um comentário