Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

MENSAGENS QUE CHEGAM PELAS REDES SOCIAIS

"Na realidade, não obstante o sofrimento de toda a família (porque conhece o honesto irmão que tem) e assiste, diuturnamente, sem nada poder fazer, essa via crucis, não tenho nenhum constrangimento em assinar o honradíssimo sobrenome Carreira Alvim, que é e será sempre honrado, porque nenhuma acusação poderá pairar sobre um homem que não cometeu crime algum. Ao contrário, tenho um santo orgulho em me identificar como uma Carreira Alvim." (Maria Helena Carreira Alvim Ribeiro).

Olá professor! O senhor diz que a maior trama armada contra um ser humano no País foi contra o senhor. Isso não é verdade. O senhor confiou na Justiça dos homens, nas pessoas, nos colegas de trabalho, na lei, e descobriu com todo o seu estudo e intelecto que toda sua capacidade não lhe ajudou em nada para escapar dessa armadilha. O senhor conhece a história do Bispo Macedo? Ele fala de Jesus para as pessoas, e é perseguido há quarenta anos, humilhado, caluniado e tudo por pregar o Evangelho puro e sem mácula. Procure uma Igreja Universal mais próxima do senhor e peça a ajuda do Senhor Jesus, pois está escrito em provérbio: 3 'Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento, porque o Senhor será a tua segurança e guardará teus pés de serem presos'. Deus é com o senhor." (Gustavo)

"Lamentável a atitude da 'Polícia'. Um servidor público que não serve bem. Também sou servidor público federal, conheço bem os meus deveres enquanto servidor público, que estão muito bem claros na Lei 8.112. Um deles é 'atender com urbanidade...' Não quero aqui me colocar como modelo, mas posso afirmar, sem medo de incorrer no risco de ser demagogo, que sempre atendo bem a todos que me chegam em busca do serviço público. Atendo bem a todos mesmo: desde um simples lavrador a um magistrado. Mas eu faço isso, não pelos deveres explicitados na Lei 8.112, mas porque aprendi em casa." (Rogério Guerra).

Nenhum comentário:

Postar um comentário