Pesquisar este blog

domingo, 10 de junho de 2012

É SIM, PIOR - AINDA - QUE A VENEZUELA ...


COLEGAS.

 O AMIGO CARREIRA ALVIM, TEM RAZÃO. FAÇO-O, NÃO DE MANEIRA GRATUITA,COMO E DE VER-SE, PERMISSA VENIA ! 
                     
É sim, pior - ainda - que a Venezuela, cum permissa, ao  ex Presidente do STF. Talvez, a sua observação (dele Gilmar, com "G", não do outro, com "J", que tenta atingir o seu "calcanhar de Aquiles"), seja,  - MESMO -  em razão de  S Exa. estar entre aqueles, a lembrar Friedrich Wilhelm Nietzche, "para além de bem e de mal"!  

Mas, nous avons tous quelque chose en commun! 

Aliás, cá entre nós, na "Terra de Santa Cruz",  como se ainda estivesse a viger, então, coetâneas Ordenações do Reino, mais precisamente as Filipinas, há tratamento diferenciado, entre os cidadãos, como apontado pelo amigo, com uma desinência ainda mais ignominiosa, mas, ainda mais ofensiva à igualdade, senão a nivelar -- por baixo -- certas autoridades, a exemplo do mesmo tratamento dato (apenas, com singularidades sagazes e perniciosas, dependendo da maior ou menor vaidade, ou inimizade voraz, de quem aplica a igualdade desniveladora, repita-se "por baixo") a Juiz e a Desembargador, ao passo que, as ditas ordenações não previam penas restritivas de liberadade, na maioria dos delitos, desde que o agente fosse "DESEMBARGADOR".

Na ignomínia, no nosso caso concreto, não houve a desigualação, dantes havida (nas Ordenações). Só que, por pouco, eu não estaria vivo, quando a quebra da isonomia seria total e Suprema!.

Aqui, no Brasil, não se faz necessário ser Supremo Magistrado (sabe-se, sem JURISDIÇÃO, salvo nos casos constitucionalmente excepcionados, mas para abrir as portas das prisões, como nos casos de  Indulto,  graça e remissão (a remição, frise-se, com "ç", já carece de possuir, de forma perene e precípua, jurisdição), nunca para fechá-las, trancafiando o cidadão, nem mesmo de  quem seja, apenas, indivíduo (mas,gente!), ainda assim"diferente", porque ... gado a gente marca. Tange, ferra, engora e mata, mas com gente é diferente ... (Jair - não o Nelson - Rodrigues). Ciganos, forasteiros e bandidos, credio, não pensam assim! 
__________________________________________________________

NOTA - Esta mensagem foi postada pelo juiz federal Weliton Militão (outra vítima da justiça), sobre a frase do ministro Gilmar Mendes, do STF, de que "BRASIL NÃO É A VENEZUELA, ONDE CHÁVEZ PRENDE JUIZ", que será transcrita em duas partes para facilitar a leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário