Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

PERSONAGENS DA OPERAÇÃO HURRICANE: POR ONDE ANDAM?

      O principal personagem dessa Operação, Cezar Peluso, que recebeu a denúncia contra mim, preside atualmente o Supremo Tribunal Federal, e, em breve irá para casa, se não for aprovada a "PEC da bengala"; o ex-procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, que me denunciou, já vestiu pijama, estando advogando em Brasília, mas aonde anda o delegado da Polícia Federal, Ézio Vicente da Silva que fez todas as "montagens" contra mim, forjando conversas que não houve?
      Pelo andar da carruagem, os demais personagens da Operação Hurricane estarão inativos, nos próximos anos, e eu estarei ainda denunciado no Supremo Tribunal Federal, com alguns crimes prescritos (já prescreveu o crime de formação de quadrilha) e outros por prescrever.
     Será que, ficando provado, que tudo isso não passou realmente de uma farsa, para que eu não chegasse à presidência do TRF-2, essas pessoas serão punidas por seus atos, ou "ficará tudo como dantes no quartel de Abrantes?"

     NOTA - Eu, particularmente, estarei inativo, mas escrevendo sobre Direito Processual Civil, que é o que mais gosto. Já escrevi os COMENTÁRIOS AO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL BRASILEIRO (16 volumes); o MANUAL DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL (5 volumes); e estou escrevendo os COMENTÁRIOS AO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL (PL 8.046/10)  (16 volumes).
    Isso é o que fica para a posterioridade, porque as nossas sentenças e acórdãos como juízes, depois que nos aposentamos, são simplesmente recolhidos a um arquivo da justiça, e nem mais citados são como precedentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário