Pesquisar este blog

domingo, 11 de dezembro de 2011

MENSAGEM DE UM MAGISTRADO SOBRE O E.T. DE VARGINHA.

 
                       " Sem dúvidas, o extraterrestre seria, senão execrado, no mínimo, esquecido, após naturalmente trancafiado em uma penitenciária (daquelas em que os direitos fundamentais da pessoa humana são esquecidos, mesmo sem processo, muito menos Justiça já não mais fiscalizam (procuradores da república, maiormente não fazem) - quanta crueldade; a fortiori, em  se não tendo certeza de sua natureza humana, i.e, se seria gente,  nascida de mulher, ou não! O Parquet não hesitaria em dizer que não!), certamente a padecer no lugar de tantos homonímios seus, também extraterrenos, sempre vistos, já que a surrealidade campeia. Tudo em prol da legalidade, que, como é  cediço, se de um lado, instrumentaliza a IGUALDADE, sendo uma GARANTIA DA HUMANIDADE, por outro lado, se aplicada formalmente, como tem sido, sempre está a entremostrar como se "afoga" a legitimidade e se comete as maiores ignomínias, razão pela qual, talvez, tal crueldade não fosse, nem, de se estranhar, quando se flerta com a retrocesso,  cum permissa !

Nenhum comentário:

Postar um comentário