Pesquisar este blog

domingo, 30 de outubro de 2011

OS MINISTROS GILSON DIPP (DO STJ) E CEZAR PELUSO (DO STF) PARTICIPARAM DO CURSO ORGANIZADO POR CARREIRA ALVIM EM BUENOS AIRES SOBRE "OS DESAFIOS DA CORRUPÇÃO".

"Vou repetir, mas uma vez, o que disse em outras oportunidades, neste livro, que, se eu fosse um corrupto ou estivesse envolvido com grupos criminosos, eu seria um débil mental ingênuo (e não um corrupto) em organizar um evento cujo objetivo era justamente de discutir a corrupção e o crime organizado e as formas de combatê-los.
Para participar desse encontro, convidei o ministro Gilson Dipp, como membro do Superior Tribunal de Justiça, para falar sobre a lavagem de dinheiro, tendo eu feito a ele por telefone o convite, comprometendo-me em nome do Instituto que eu coordenava, com o patrocínio da Universo, para ele comparecer na qualidade de palestrante, com pagamento de passagens e estada no Hotel Panamericano em Buenos Aires, por cinco dias, que era o tempo para a realização do evento.
Para esse encontro, Luiz Fernando Zakarewicz, da Revista Consulex, que integrava a coordenação, ficou de convidar um ministro do Supremo Tribunal Federal, tendo sido escolhido por ele o ministro Cezar Peluso, como representante daquela corte, tendo ele comparecido em companhia da sua esposa, sob o patrocínio dessa Revista, tendo permanecido em Buenos Aires também por cinco dias.
O ministro Cezar Peluso autorizara a interceptação dos meus telefones e os grampos no meu gabinete, pouco antes do encontro de Buenos Aires, que foi realizado nos dias sete, oito e nove de setembro, tendo os participantes viajado no dia seis e retornado no dia dez."
 
(Trecho do livro "OPERAÇÃO HURRICANE: Um juiz no olho do furacão" (Geração Editorial), encontrável em www.bondfaro.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário