Pesquisar este blog

domingo, 23 de outubro de 2011

COMECEI A SUSPEITAR QUE HAVIA SIDO VÍTIMA DE UMA ARDILOSA TRAMA.


"Quando meu irmão José Bonifácio, em visita que me fez na carceragem da Polícia Federal em Brasília, me disse que tinha me ouvido falar a “minha parte em dinheiro”, e que a voz era, realmente, minha, comecei a suspeitar de que havia sido vítima de uma ardilosa trama da parte mal-sã da Polícia Federal, porquanto tal conversa jamais tinha existido.
E não deu outra coisa, pois, chegando ao Rio de Janeiro, depois que saí da carceragem, tive a comprovação da montagem feita pelos grampeadores, aceita pelo chefe do Ministério Público, que a repassou ao ministro relator, no Supremo Tribunal Federal, com base na qual este decretou a minha prisão temporária e as buscas e apreensões no meu gabinete, no IPEJ e na minha residência." 

(Trecho do livro "OPERAÇÃO HURRICANE: Um juiz no olho do furacão" (Geração Editorial), encontrável em www.bondfaro.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário