Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

QUEM SÃO OS VERDADEIROS QUADRILHEIROS DO BINGO NO RIO DE JANEIRO?

"Portanto, se, como afirma ele [Antônio Fernando de Souza, então procurador-geral da República], os desembargadores se uniram a uma quadrilha para explorar jogos de bingo, por certo esses desembargadores não são nem eu e nem Ricardo Regueira, pois nossos nomes não figuram em nenhuma decisão que tenha autorizado o funcionamento de bingos ou a importação de equipamentos eletrônicos de jogos; tendo eu apenas mandado liberar máquinas de caça-níqueis de três empresas.
Quanto a mim, em especial, todas as vezes em que participei desses julgamentos no órgão colegiado foi para negar o pedido das empresas, como aconteceu nos processos da Multi Games e da Maria Imaculada (...)
A diferença entre mim, que nunca autorizei o funcionamento de jogos de bingo, e todos os demais desembargadores que decidiram em favor do funcionamento, é que nenhum deles era o candidato natural à presidência do Tribunal; e, portanto, não precisavam ser afastados do cargo para não colocar em risco os interesses do Poder Público."

Nenhum comentário:

Postar um comentário