Pesquisar este blog

sexta-feira, 15 de julho de 2011

"TRIBUNA DE PETRÓPOLIS" PRESTIGIA BLOG DE CARREIRA ALVIM


JOSÉ CARLOS ARAÚJO ALMEIDA FILHO

A TOGA NA BERLINDA

Nossa coluna, nesta parte, tem por objetivo explicar o que é o direito e alguns termos não acessíveis, ou o denominado “juridiquês”. Mas, vez por outra, também tem o dever de apresentar fatos corriqueiros e que devem ser informados aos leitores. O espaço desta semana é para que a população entenda que a toga também pode ficar na berlinda.
E, por toda, entenda-se a veste do magistrado. O Desembargador Carreira Alvim, antes da Operação Hurricane, deflagrada pela Polícia Federal, concorria às eleições no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (Rio e Espírito Santo).
Pois bem: deflagrada a operação, o desembargador foi preso, e, posteriormente, aposentado compulsoriamente.
Revoltado, cria um blog e resolve escrever tudo o que todos nós gostaríamos de saber, em determinados momentos. O endereço do blog é http://operacaohurricane.blogspot.com.
Do que se vê, em uma das passagens, o desembargador afirma que a Associação dos Magistrados Federais nada fez: “Quando uma crise se estabelece entre Juízes e Tribunais, o histórico diz que a AJUFE se recolhe (já ouvi isso de um ex-Presidente durante o próprio exercício), salvo episódios excepcionalíssimos. Simples assim!”
O ponto que se deve destacar é o que sempre ponderamos ou seja: é preciso ética e transparência em todos  os atos de nossas vidas. Quando um magistrado chega a tal ponto de criticar a sua associação de classe, ainda que tenha sido aposentado compulsoriamente, devemos ter em mente que todos estamos sujeitos às normas jurídicas, e, mais, diria, de comportamento.
Em momento como os desabafos – e não quem está certo ou errado podemos identificar uma crise entre classes e poderes.
E a OAB não está longe. Em entrevista, afirma que os gabinetes são latifúndios. Momento de muita reflexão. 

OBSERVAÇÃO: Quem fez a afirmação relativa à "crise entre juízes e tribunais", foi um magistrado federal, através de e-mail, que me foi enviado, tendo eu apenas a transcrito no blog.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele que oculta-se e dá opinião , nada mais é que nada , então não pode falar pelos outros .

      Fico triste deste "anônimo" ás vezes algum magistrado frustrado ou algum policial falar bobagens , parace até coisa de filhote da ditadura ...
      Não foi assim que a amaioria ali presente sentiu.
      Marco Estevão Bomfim
      advogado

      Excluir
    2. Será que o anônimo sabe o real significado do Direito?

      Excluir
  2. OBRIGADO PELA MANIFESTAÇÃO MARCOS BOMFIM, PORQUE RECEBI MUITOS E-MAILS DE PESSOAS PRESENTES, QUE ME DISSERAM QUE A PALESTRA MUDOU O SEU MODO DE VER AS INSTITUIÇÕES NACIONAIS (POLÍCIA, MINISTÉRIO PÚBLICO E JUSTIÇA) E DE LIDAR COM ELAS.

    ResponderExcluir
  3. "Quer se tenha de punir, quer de absolver, é preciso ver sempre os homens humanamente." - Goethe

    Pelo que venho lendo ultimamente, parece que ainda existem, entre nós, pessoas vivendo em plena ditadura militar, pois até apoiam as loucuras de Hugo Chavez e companhia. No Brasil, é assim, se prestigia a Venezuela, a Bolívia, o Paraguais, Cuba, e se desprestigia a Alemanha, a França, a Itália, a Dinamarca, a Holanda... É o fim da picada!

    David José Soares Fares
    advogado

    ResponderExcluir