Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de julho de 2011

"TODO MAGISTRADO TEM QUE SER RESPEITADO"

"Conheço a comissão de defesa de prerrogativas e não nego o seu valor. Pelo contrário.
Mas acho que é preciso algo institucional e não meramente associativo ou corporativo.
Algo que obrigue a polícia a submeter as diligências que envolvam Magistrados à supervisão direta, pessoal e imediata (repito, sem intervenção) de um outro Juiz que zelasse pelo respeito às prerrogativas do cargo. Alguém que estivesse presente oficialmente para, caso houvesse algum desrespeito a alguma prerrogativa, posteriormente representar e tomar outras providências contra os responsáveis pela violação. Acho que só assim as prerrogativas dos nossos Cargos se sobreporiam às medidas "operacionais" da polícia.
Sei que hoje, em princípio, essa supervisão está a cargo de quem determina as tais diligências. Só que não está funcionando. Já vimos de quase tudo. De Gabinete invadido a Desembargador despido, tudo sob o manto da "operacionalidade"...
É preciso reagir de alguma forma contundente, firme e eficaz. Não se trata de intervir em investigações, acobertar seja quem for ou mesmo defender os inocentes. É zelar pelo respeito às prerrogativas DO CARGO. Até que "as insígnias sejam arrancadas" TODO Magistrado tem que ser respeitado. Ainda mais pela polícia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário