Pesquisar este blog

domingo, 13 de julho de 2014

O QUE A OAB ACHA DISSO?


Depois de adiar a aposentadoria do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, decidiu tirar férias entre os dias 14 e 31 de julho. O período de folga coincide com o recesso da mais alta Corte do País, que ficará nas mãos do vice-presidente, o ministro Ricardo Lewandowski.
Na última segunda-feira (7), Barbosa prorrogou seu temo de permanência no Supremo até dia 6 de agosto -- uma quarta-feira. Barbosa deixaria o STF nesta semana. Ele já havia enviado na semana passada ao Poder Executivo toda a documentação para requerer o benefício. 
Segundo Barbosa, a decisão foi tomada para garantir uma transição para a gestão do vice-presidente do Tribunal, Ricardo Lewandowski.
         O ministro considerou inadequada a mudança durante o recesso.       

Nenhum comentário:

Postar um comentário