Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de junho de 2014

NÃO TEMOS UM SENADO COMO ANTIGAMENTE.

 
Na história republicana brasileira, ao longo de 122 anos (1889 a 2011), o Senado Federal, durante o governo FLORIANO PEIXOTO (1891 A 1894), rejeitou cinco indicações presidenciais, negando aprovação a atos de nomeação para o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal, das seguintes pessoas: (1) Barata Ribeiro, (2) Innocêncio Galvão de Queiroz, (3) Ewerton de Catro, (4) Antônio Sève Navarro e (5) Demosthenes da Silveira Lobo.
 
Nota: Cabe registrar que, nos Estados Unidos da América, no período compreendido entre 1789 e 2011 (222 anos), o Senado norte-americano rejeitou doze indicações presidenciais para a Suprema Corte americana.
___________________________________________________________________
 
Fonte: "Notas sobre o Supremo Tribunalo (Império e República)", do ministro Celso de Mello. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário