Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

JUSTIÇA GRAMPEIA DESEMBARGADOR


Grampos grotescos, autorizados pelo então vice-presidente do STF, hoje ex-ministro CEZAR PELUSO, colocados no Gabinete do Desembargador Federal CARREIRA ALVIM, então vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, permitindo à Polícia Federal [ÉZIO VICENTE DA SILVA] selecionar palavras para fazer uma "montagem" incriminadora de frases que nunca foram ditas. 
Aliás, foi um serviço tão mal executado, que foi descoberto assim que colocado no forro do Gabinete, pelo que eu sabia que estava sendo "escutado", o que levaria qualquer ministro, com um mínimo de bom senso na cabeça, a concluir que jamais conversaria ali o que não pudesse ser conversado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário