Pesquisar este blog

sábado, 22 de dezembro de 2012

IMPORTÂNCIA DO FATO E DA VERSÃO DO FATO



"Uma coisa que me chamou a atenção como juiz e me preocupou como cidadão é como podia a Rede Globo divulgar que a Polícia Federal tinha desbaratado uma “organização criminosa”, quando estava em face de uma operação que deveria ser executada em “segredo de justiça”, conforme estava carimbado na busca e apreensão determinada pelo ministro Cezar Peluso do Supremo Tribunal Federal na minha residência. A operação Hurricane foi parar na tela da Rede Globo antes que tivéssemos tido tempo de nos dar conta do que estava acontecendo.

Essa penetração da Rede Globo não é apenas na Polícia Federal, mas no próprio Poder Judiciário, inclusive no Supremo Tribunal Federal, pois quando estávamos “custodiados” na Polícia Federal em Brasília, éramos primeiro intimados pela televisão, onde a intimação era anunciada, para somente depois que a Rede Globo divulgava uma decisão do ministro, os advogados terem acesso à mesma intimação.

Foi assim que ficamos sabendo que a prisão temporária seria prorrogada, como realmente o foi, e também que o mesmo ministro havia expedido alvará de soltura em favor dos desembargadores, o que igualmente ocorreu."
(continua na próxima semana)
__________________________________________________________

Trecho do livro OPERAÇÃO HURRICANE: UM JUIZ NO OLHO DO FURACÃO (Geração Editorial), encontrável em www.saraiva.com.br, www.estantevirtual.com.br, www.bondfaro.com.br e nas melhores livrarias do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário