Pesquisar este blog

domingo, 4 de novembro de 2012

DEPOIMENTO PRESTADO POR CARREIRA ALVIM, NO RIO DE JANEIRO, E QUE O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA NÃO LEU



PODER JUDICIÁRIO
TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO
Notas Taquigráficas SAJ/CORTAQ  Audiência, 16/4/2010
________________________________________
(continuação)

[...]        

Os documentos estão aqui. As provas estão aqui. Eu mostrei que nos casos em que eu fui Relator, eu votei contra, e o REGUEIRA me acompanhou. Como é que ele [o ex-procurador-Geral da República, ANTÔNIO FERNANDO DE SOUZA] vem falar aqui que votava favoravelmente o processo. Agora, vejam a mentira! Cadê as decisões? 
Será que ele não tinha lá um funcionário para mandar fazer uma verificação na internet e ver as decisões que o RICARDO REGUEIRA prolatou favorável a isso ou que eu prolatei  favorável a isso? Por que ele não fez isso? Porque não existe, Doutor ABEL. Isso é fruto da imaginação dele. Um homem com mais de sessenta anos com essa imaginação, fértil, de plantar um absurdo desses em cima de um Juiz. 

Aqui embaixo aparece.

(Lê)
"Eu falava com eles lá. CARREIRA pede para REGUEIRA avisar a ARTUR. Eu quero que você diga ao ARTUR isso: ''Olha, ARTUR, ao CARREIRA, nós não vamos poder pedir nada porque ele é a bola da vez."

Assunto de Presidência, Tanto que esse aí do bingo é trecho inaudível. Sabe por quê? Porque não interessava a eles o que aparecia depois disso. Como eles queriam aparentar que eu estava conversando com o REGUEIRA sobre bingo, eles paravam na palavra: bingo. Eles são muito bandidos – desculpe-me a expressão.

E retoma: 

(Lê)

“Inaudível. É o que eu pedi para eles não fazerem: não coloquem o inaudível, não coloquem três pontinhos. Fala para ele em não deixar vir para minha mão, senão vai parecer suspeito, e a União não me quer na Presidência no Tribunal, nem o Ministério Público."

Eu não sou bobo:

E era isso o que ele tinha que falar.

Despedem-se.

Eu não sei se essa denúncia é tão extensa como inverídica ou  tão inverídica quanto extensa. Na verdade, acho que é uma denúncia incasta, impura, perigosa e injusta. Isso é o que acho que ela é. É o meu ponto de vista. 
(Lê)
_______________________________________________________________
(continua na próxima semana)                                                                       65                                                                                                                                                                                                  
NOTA: O Artur que aparece na conversa nada tem a ver com dono de bingo, pois se tratava de um amigo do desembargador Ricardo Regueira, que pretendia obter uma liminar para viajar ao exterior; e que o desembargador Abel Gomes, depois de ter concedido vários vezes, decidiu indeferir. Ao que me consta, essa autorização para a viagem teria sido obtida no STJ, o que demonstra que o pedido não era tão absurdo quanto supunha o ex-procurador-Geral da República [ANTÔNIO FERNANDO DE SOUZA] na sua incasta denúncia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário