Pesquisar este blog

domingo, 22 de julho de 2012

DELEGADOS DA POLÍCIA FEDERAL E PERITOS DA POLÍCIA FEDERAL EM PÉ DE GUERRA


“A relação entre delegados e peritos da Polícia Federal, que já não era boa, piorou de vez. A perícia finalizou laudo oficial sobre o vazamento de óleo na Bacia de Campos pela Chevron, concluindo que os danos ambientais não têm impacto devastador e sugerindo acompanhamento da flora por alguns meses. Os delegados acharam o resultado estranho e resolveram contratar dois laudos paralelos para verificar as informações colhidas, para ira dos peritos.”
 Deu na coluna PANORAMA POLÍTICO, de Brasília (O GLOBO, de 15/7/12, 1º Caderno, p. 2)

NOTA - Na OPERAÇÃO HURRICANE foi diferente, porque, num processo em curso na inferior instância, em que a juíza condutora do processo determinou que o Instituto Nacional de Criminalística, em Brasília, fizesse a perícia sobre a fita em que a Polícia Federal montou a “trama” contra Carreira Alvim [a Polícia Federal periciando ela mesma],  sempre que o advogado indagou aos peritos da Polícia Federal “se houve manipulação” das conversas, os peritos do INC disseram que a resposta estava no item “tal” ou “qual” do Laudo Pericial; mas, nos itens remetidos  não havia nada que disse respeito ao tema. 
Como podem, agora, estar em lados opostos?
Nada como um dia atrás do outro com uma noite no meio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário