Pesquisar este blog

domingo, 20 de maio de 2012

O FURACÃO NA "JUSTIÇA EM FOCO"

A partir desta semana, publicarei, por partes, a entrevista por mim concedida à JUSTIÇA EM FOCO, da TV JUSTIÇA, para quem queira saber o que aconteceu realmente e o que as instituições  querem que tenha acontecido; e o preço que eu e minha família estamos pagando por toda esta "armação".
________________________________________________________________

PERGUNTA: Pelas suas explicações, todo o processo que o envolveu teria sido uma armação, mas desculpa a minha ignorância. Para mim não ficou claro quem quis derrubar o senhor, quem quis impedir à sua ascensão e quais decisões que o senhor tomou para que fosse feito um plano mirabolante para tirá-lo do tribunal?

RESPOSTA: A farsa montada contra mim é tão absurda e inusitada que, realmente, é difícil de ser entendida; mas fato é que havia um grupo de desembargadores no Tribunal Regional Federal da 2ª Região  (o grupo dos quinze) que não me queriam na presidência do Tribunal, apesar de eu ser o candidato natural, pela antiguidade; isso porque queriam eleger outro do "seu grupo" que, se aguardasse a antiguidade, e eu fosse eleito, ele jamais seria presidente porque seria aposentado antes.  Isso já tinha acontecido anteriormente, quando um colega foi passado para trás, por outro, pois, pela antiguidade, também não chegaria à Presidência do Tribunal. Como as minhas decisões (três ao todo) sobre a liberação de máquinas de bingo não agradaram à Polícia Federal, a quem impus multa de até cinquenta mil reais por recalcitrância, e o Ministério Público Federal queria fechar os bingos que funcionavam  com liminares do próprio TRF-2, dadas por outros desembargadores federais, que não eu, viram nessa situação o momento ideal para “armar” o furacão e me afastar do Tribunal.  
(continua na próxima semana)
_________________________________________________________________
Entrevista sobre o Furacão, concedida à Justiça em Foco, d TV Justiça. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário