Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

A MÍDIA FAZ DO BANDIDO UM VIRTUOSO E DO VIRTUOSO UM BANDIDO.

     A Mídia e o Conselho Nacional de Justiça são dois irmãos xifopagos: a primeira faz do virtuoso um bandido e do bandido um virtuoso; e o segundo faz da mentira, verdade e da verdade, mentira.

     NOTA - No meu julgamento pelo Conselho Nacional de Justiça, entenderam os conselheiros, capitaneados pelo ministro Gilson Dipp, que esteve comigo em Buenos Aires, onde jantamos num restaurante portenho, sabendo que eu estava sendo investigado pel CNJ, que eu deveria supor que as pessoas convidadas pelo anfitrião, para almoçarmos no Restaurante Fratelli, eram "pessoas suspeitas"; pelo que eu deveria ter-me retirado do recinto. E por que não me retirei, fui aposentado compulsoriamente, por ter desmerecido a magistratura. Mas também o ministro Gilson Dipp não se retirou do restaurante em B. Aires, apesar da minha presença lá.
Com essa decisão, fez da mentira, verdade, porque eu não sabia que essas pessoas estariam lá, e nem quem eram, o que só vim a saber depois, pelo relatório da Polícia Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário