Pesquisar este blog

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Mas, o que o senhor relatou em seu livro é algo tão hediondo que me faz desistimular desta carreira.

Caríssimo professor, 
Não lhe conheço pessoalmente, fato que me deixa frustrado, pois acompanho o seu trabalho faz muitos anos e estudei pelos seus livros durante o curso de Direito que frequento aqui na PUCRS do Rio Grande do Sul. Meu nome é Wagner Cruz Pimentel, tenho 27 anos, sou Agente Penitenciário e atualmente exerço a função de Diretor de um Presídio de segurança média aqui no Rio Grande do Sul. Relato isto para que poças me conhecer um pouquinho, pois o verdadeiro motivo que me leva a escrever para o senhor é que como sou seu leitor e admirador de suas obras, estou terminando de ler o seu livro "OPERAÇÃO HURRICANE", o qual confesso que me deixou chocado, pois ano que vem me formo em Direito (curso que faço com muito esforço, pois como sou aluno bolsista e por ser funcionário do sistema prisional, o senhor sabe que meus vencimentos são bem reduzidos, não posso reprovar em nenhuma matéria, senão perderei a minha bolsa e não poderei me formar) e em função do meu trabalho, sempre tive um sonho de me tornar um magistrado, para poder fornecer a justiça e reparar as injustiças que vejo diariamente no serviço. Mas, o que o senhor relatou em seu livro é algo tão hediondo que me faz desistimular desta carreira, pois se fizeram o que fizeram com o senhor, um homem honrado, sendo um dos maiores juristas que conheço, fato não dito somente por mim, mas por 2 professores da minha faculdade, os quais são muito meus amigos, o que estes "membros do judiciário" faz com as pessoas comuns. 
Gostaria de parabenizá-lo pela coragem e lucidez as quais enfrentou o "furacão" e desejar muita paz e luz para o senhor e toda a sua família!
Que Deus o ilumine e proteja!
Esta é a mensagem de um grande admirador seu, que espera um dia poder conhecê-lo pessoalmente.
Um forte abraço,
Wagner Cruz Pimentel
Diretor do Presídio de SFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário