Pesquisar este blog

domingo, 8 de janeiro de 2012

TODOS OS BICHOS SÃO IGUAIS, MAS UNS SÃO MAIS IGUAIS QUE OS OUTROS.

"Um dos mais interessantes livros que já li na vida foi “A revolução dos bichos”, de George Orwell, que retrata o sonho de um velho porco, de criar uma granja governada apenas por animais sem a exploração do homem, concretizando-se com uma revolução fundada na filosofia do Animalismo.
No entanto, como acontece com todas as revoluções, a dos bichos também estava fadada à tirania e à corrupção, com a ascensão de uma nova casta ao poder; pelo que, ao se consolidarem os objetivos revolucionários, os comandantes da revolução perceberam que tudo o que é humano é melhor do que o que é animal, e começaram a imitar os homens, condenando todos os que pensam o contrário.
Nesta fábula, feita sob medida para a Revolução Russa, o autor expressa com rara felicidade o símbolo dos privilégios: “Todos os bichos são iguais, mas uns são mais iguais que os outros”."

(Trecho do livro OPERAÇÃO HURRICANE: UM JUIZ NO OLHO DO FURACÃO, encontrável em www.bondfaro.com.br).

NOTA - Um leitor me mandou uma mensagem, corrigindo essa frase do grande escritor inglês, dizendo que a certa é a seguinte: "Todos os bichos são iguais, mas uns são mais bichos do que os outros".

Nenhum comentário:

Postar um comentário