Pesquisar este blog

domingo, 18 de dezembro de 2011

A JUSTIÇA TEME A MÍDIA, MAS A MÍDIA TAMBÉM TEME A JUSTIÇA

 Na guerra entre o Poder Midiático e o Poder Judiciário, este tem medo daquele, mas aquele também tem medo deste. Assim é que, num editorial publicado por O GLOBO, de 13/12/11, de autoria de Marco Antônio Villa, sob o título "Triste Judiciário", noticiou vencimentos astronômicos de alguns ministros do Superior Tribunal de Justiça, mas não teve coragem de divulgar seus nomes, falando apenas que "um" recebeu tanto, "outros dois" receberam o tripo. Se, realmente, esses ministros, receberam o que O GLOBO diz que receberam, porque não divulgou seus nomes, para que toda a sociedade saiba quem são?

CONFIRA O TRECHO DO EDITORIAL:

"Mas o que chama principalmente a atenção, além dos salários, são os ganhos eventuais, denominação que o tribunal dá para o abono, indenização e antecipação das férias, a antecipação e a gratificação natalinas, pagamentos retroativos e serviço extraordinário e substituição. Ganhos rendosos. Em março deste ano um ministro recebeu, neste item, 169 mil reais. Infelizmente há outros dois que receberam quase que o triplo: um, R$404 mil; e outro, R$435 mil. Este último, somando o salário e as vantagens pessoais, auferiu quase meio milhão de reais em apenas um mês! Os outros dois foram “menos aquinhoados”, um ficou com R$197 mil e o segundo, com 432 mil. A situação foi muito mais grave em setembro. Neste mês, seis ministros receberam salários astronômicos: variando de R$190 mil a R$228 mil."

Nenhum comentário:

Postar um comentário